Notícias

Usina de Reciclagem de Candói coleta mais de 8 toneladas de lixo reciclável

O montante da coleta foi feito com apenas 22 dias de trabalho e a arrecadação gerou lucro de quase R$ 5 mil reais

A reciclagem do lixo é fundamental para a conservação do meio ambiente, para a saúde pública e para a economia do país. Apesar de todos os benefícios e vantagens que a reciclagem de lixo proporciona, ainda são poucos os municípios que implantaram a coleta seletiva e incentivam a formação de cooperativas de catadores de materiais recicláveis como forma de geração de emprego e renda.

Em Candói, a realidade é um pouco diferente. A Administração Municipal construiu uma Usina de Triagem de Lixo Reciclável, que foi inaugurada no mês de maio.

O local já está proporcionando a geração de emprego e renda, além de contribuir para o meio ambiente, pois, o espaço foi totalmente equipado para proporcionar aos Agentes de Coleta Seletiva, melhores condições de trabalho.

De acordo com o Assessor Técnico de Meio Ambiente, da prefeitura, Nilmar Pussinini, com apenas 22 dias de trabalho os agentes de coleta seletiva, já arrecadaram quase 5 mil reais com a venda dos materiais coletados.

“Após 22 dias de trabalho eles conseguiram coletar 8.323 kg de lixo reciclável. Depois da coleta, e de todo o processamento o material foi vendido e eles arrecadaram um total de R$ 4.941,00. Isso indica a geração de emprego e renda e a contribuição para o meio ambiente” enfatiza Nilmar.

Candói possui aproximadamente 15 mil habitantes que geram resíduos todos os dias, tanto no campo como na cidade. Se todos separassem o lixo corretamente o número de toneladas arrecadadas seria muito maior, consequentemente o lucro e a geração de renda seria maior também.

João Carlos Haack, é presidente da Cooperativa dos Agentes Ambientais de Candói, que atualmente possui 18 pessoas trabalhando ativamente. Para ele, está é uma conquista devido ao pouco tempo de trabalho, o que significa que haverá mais crescimento. Entretanto, ele ressalta que é importante que haja a separação do lixo e a colaboração da população da sede e do interior.

“Nós convidamos que venham visitar a Usina e ver como está sendo feito nosso trabalho. Estamos muito contentes com esta venda, e acreditamos que haverá muito mais, porém precisamos que o povo do campo e da cidade nos ajude a separar o lixo”, comenta João.

Com base nestas informações, é só organizar para fazer a separação dos materiais recicláveis. em casa, basta usar sacos plásticos e caixas para colocar os materiais conforme a classificação (papel, plástico, vidro, alumínio, entre outros). Vamos juntos trabalhar para uma cidade mais limpa, promovendo do desenvolvimento sustentável, e colaborando com o meio o ambiente.

22/06/2018

Horário de Atendimento: Segunda à Sexta, das 08:00 as 12:00 e das 13:00 às 17:00